Programação Studio-X Rio

 

 

ATÉ DOMINGO
SUPERNOVA
WORK IN PROGRESS FAÍSCAS + SMAEL NO CIRCO VOADOR

A ação do grafite ocorre em contextos urbanos existentes, como ativador de superfícies na maioria negligenciadas e esquecidas pelo tempo, e agindo sobre  uma geometria espacial previamente estabelecida. Mas o que aconteceria se ambos, geometria e grafite, pudessem surgir simultaneamente, influenciando um ao outro durante o seu processo de criação?
A instalação SUPERNOVA surge do encontro dinâmico entre a geometria e o grafite, potencializando territórios completamente novos para a equipe de colaboradores envolvidos. Através dos meios de criação manual e paramétrica, digital e analógica, o intuito do projeto é de alcançar novos imaginários espaciais de forma colaborativa e sinergética. Durante os quatro dias do 3º Festival Circo Digital, SUPERNOVA servirá como plataforma para tais investigações.
SUPERNOVA faz parte de um projeto em andamento entre o coletivo FAISCAS, que tem como missão ativar interseções colaborativas entre arte e arquitetura no Rio de Janeiro; e o artista carioca Smael, reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho nascido da imaginação urbana do Rio. 

25 JUN | SEG | 15h
CIDADE DE DEUS

WORKSHOP

Vagas limitadas, para se inscrever favor enviar email para studioxrio@columbia.edu
26 JUN | TER | 18:30
FAVELA EXCHANGE
ABERTURA EXPOSIÇÃO ETH ZURICH

 

 

As favelas do Rio de Janeiro representam a natureza dual de transformação das condições urbanas contemporâneas. Mudando a perspectiva de um ambiente urbano marginalizado, excluído, para um importante fator de coesão social e crescimento econômico, a favela tem o potencial de ser considerada como o novo paradigma para um futuro urbano sustentável. Alta densidade populacional, ruas movimentadas, atividades micro-empreendedoras e funções multiuso são características exemplares das cidades informais que podem ser incorporadas às abordagens de planejamento governamental.

A ETH iniciou uma investigação sobre o potencial transformador dos ambientes informais em vários níveis. A pesquisa conduzida pelo Prof. Christian Kerez é voltada para a morfologia das favelas, desvendando a manifestação espacial das ocupações informais. Sob o titulo Mobilize Brazil os cursos de mestrado e bacharelado lecionados pelos professores Hubert Klumpner e Alfredo Brillembourg investigam o sistema integrado de mobilidade favorecendo novas propostas com uma visão inclusiva da cidade. Sob a direção de Rainer Hehl o programa de Mestrado de Estudos Avançados em Desenho Urbano (MAS Urban Design) selecionou o Brasil como alvo principal desde 2010. Em seus estudos recentes o programa MAS UD está estudando a Cidade de Deus, onde assentamentos formais de habitação popular transformaram-se informalmente em estruturas urbanas densificadas, formando um novo sub-centro urbano. A Profa. Annette Spiro com Udo Thoenissen se dedica a estabelecer um programa de intercâmbio oficial entre a Faculdade de Arquitetura de São Paulo (FAU-USP) e o Departamento de Arquitetura do Instituto Federal Suíço de Tecnologia Zurique (D-ARCH ETH Zürich).

Quais são as lições dos estudos de caso brasileiro? Ao invés de impor uma visão estrangeira ao território tão específico da cidade brasileira, a iniciativa da ETH conta com a colaboração de instituições e agências no Brasil, usando o contexto brasileiro como um território-teste e um laboratório urbano de modelos sustentáveis para a cidade do amanhã.

Na ocasião haverá painel com os seguintes convidados:
Prof. Hubert Klumpner, ETH Zürich
Prof. Rainer Hehl, ETH Zürich
Theresa Williamson, ONG Comunidades Catalisadores
Washington Fajardo, Subsecretário de Patrimônio,
Pedro Rivera, Diretor do Studio-X Rio

Haverá tradução simultânea
A exposição fica em cartaz até 07 de Julho

2t JUN | QUA | 18:30
THE HIGH LINE 

PALESTRA SOBRE O PARQUE ICÔNICO E SEU IMPACTO SOBRE O MERCADO IMOBILIÁRIO EM NOVA IORQUE

Inicialmente visto como “uma causa louca que provavelmente não teria sucesso”, o High Line é hoje uma das amenidades urbanas mais queridas de Nova Iorque, atraindo mais de 4 milhões de visitantes desde sua inauguração em 2009. Desde que a cidade aprovou a reutilização High Line como um parque público, mais de US$ 2 bilhões em desenvolvimento imobiliário foram investidos, incluindo projetos arquitetônicos de três vencedores do Prêmio Pritzker. Os bairros adjacentes Meatpacking District e West Chelsea são agora os mais desejados endereços corporativos da cidade para as indústrias criativas.
Mas no que no High Line inspira tanto as pessoas e captura sua imaginação?
A apresentação irá explorar a história do High Line, o esforço visionário para preservá-lo, e o extraordinário impacto que este parque único teve sobre o setor imobiliário, a arquitetura e a cidade em seu entorno.
Em inglês.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Cursos, Design Gráfico, Encontro, Exposições, Produção Gráfica, Produto. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s